fbpx

Educação de Coelho Neto anuncia e paga salário com reajuste de 33,23% aos professores

Após o presidente da república anunciar na quinta-feira (27) reajuste no piso salarial do magistério de R$ 2.886 para R$ 3.845, o prefeito de Coelho Neto, Bruno Silva (PP), adere e anuncia pagamentos reajustados na sexta-feira (28). A media, adotada por Bruno Silva, injetará no município alguns milhões a mais na economia do município.

Em 2021, houve uma alteração legislativa no financiamento da educação com aprovação do novo Fundeb, o fundo de manutenção da educação básica. A regra antiga, vinculava o reajuste de professores à variação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, arrecadado por estados. Após a mudança, a arrecadação prevista de reajuste seria de 33,23%.

O reajuste do piso está previsto em lei desde 2008, e segundo o texto dessa, o valor mínimo para os docentes da educação básica deve ser reajustado anualmente em janeiro, e assim fez o prefeito Bruno Silva.

A decisão do prefeito Bruno Silva em aderir na sua totalidade ao reajuste apontado pelo Governo Federal, para os professores, traz impacto imediato na vida dos docentes da rede municipal de ensino, e também na qualidade da educação e na economia do município. Com milhões de reais a mais circulando, alicerçado primeiro, no pagamento da funcionalismo público sempre em dia, Coelho Neto recebe novo impulso na economia local.

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui