fbpx

Juiz impugnou pesquisa do Instituto DATA M, o mesmo que registrou a última pesquisa de Bruno Silva

O juiz da 19ª Zona Eleitoral, Dr. Francisco Soares Reis Júnior, acatou um pedido e  concedeu liminar a coligação “Timon do Povo Guerreiro” mandando suspender a publicação da pesquisa do instituto Data M, o mesmo instituto que registrou uma pesquisa do candidato e réu da Justiça Federal, Bruno Silva.

Em 2014, a Justiça Eleitoral condenou o Instituto Data M e a Rádio Capital a pagarem multa de R$ 53.205,00 por irregularidades na pesquisa eleitoral registrada sob o protocolo nº MA-0004/2014.

O Instituto DATA M já foi condenado pela justiça por práticas irregulares em suas pesquisas. No sábado passado (10), o Juiz eleitoral Dr. Francisco Soares Reis Júnior da cidade de Timon impugnou uma pesquisa registrada por esse instituto.

A coligação de Bruno Silva (PP) anda muito preocupada em manter-se com números atrativos, acontece que todos já sabiam que haveria um movimento natural de queda do candidato pepista logo que os demais candidatos se movimentassem.

Carreata Bruno Silva

A única força que mantém próximo os apoiadores de Bruno Silva é sua suposta possibilidade de vitória. Mas para isso, é preciso índices colossais, muitas promessas e institutos com históricos de condenações e impugnações de pesquisas na justiça.

RECENTES

Veja as ofertas da Black Friday em Coelho Neto

Estamos chegando na última semana da Black Friday, três lojas são destaques em Coelho Neto, saibam quem são e aproveitem os melhores descontos da...

Justiça determina que Serasa não poderá mais vender dados pessoais de brasileiros

A Justiça do Distrito Federal determinou que a Serasa Experian suspenda imediatamente a venda de dados pessoais de consumidores. A decisão deriva de ação...

Prefeito Américo pode demitir comissionados ainda neste mês de novembro

Na grande maioria dos municípios brasileiros é prática que cargos de confiança se encerrem junto com o mandato do Prefeito. Em Coelho Neto, o...

categorias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui