fbpx

Editorial: o já ganhou e o oba oba, uma armadilha para pegar cidadãos desatentos

Para o político britânico “Benjamim Disraeli” existem três tipos de mentiras: as mentiras, as mentiras deslavadas e as estatísticas, e somente um grupo político em Coelho Neto se vale delas, compreenda melhor.

O livro “Como Mentir Com Estatísticas“, uma obra do escritor e historiador americano Darrell Huff, esclarece de forma plena como um grupo político pode enganar uma população inteira com mentiras, mentiras deslavadas e estatísticas.

Uso de dado estatístico que pode manipular a opinião pública

A obra em questão reúne um apanhado de situações em que números, gráficos e estatísticas são usados de forma equivocada (de propósito ou não) para mostrar como levar um cidadão instruído a afetar a opinião pública e às pessoas que elas influenciam.

O PROCESSO

Tudo começa com a contratação de institutos obscuros, que carregam consigo um histórico de condenações na justiça e impugnações de pesquisas. Em seguida, usa-se um blogue, esse sendo bem longe da cidade pesquisada, pois assim evita-se contestações a respeito do cenário político dessa pesquisa.

Daí então, usam-se os apaixonados políticos para compartilhar localmente, pois você não verá nenhuma figura íntegra, nenhum empresário de respeito e nem ninguém com o mínimo de decência fazendo isso, a não ser que esse seja: um cidadão desatento.

A PROVA DOS 200%

Não existe, em nenhuma literatura estatística, nem aqui nem no mundo, um candidato que alcançasse vertiginosos 200% de crescimento em questão de poucos meses. Por exemplo, se um candidato começa com 21%, e esse chega aos 63%, ele cresceu exatamente isso, 200%.

Com três eventos políticos acontecendo ao mesmo tempo como explicar que, representados nas fotos 1 e 2 estão apenas 37% dos votos de Coelho Neto, enquanto na foto 3 estão absurdos 63%, ou o tal 200% de crescimento, e aí? “Que onda é essa, meu irmão, que onda é essa!

Quem lê o clássico livro, que descrevi no início desse artigo, vai conhecer provas contundentes de como manipular dados a seu favor. Vai entender, como agir com facilidade contra pessoas na qual chamo de: cidadãos desatentos, e manipulá-los, a ponto desse disseminar o mesmo equívoco que foi induzido a acreditar contra os menos instruídos. “Que é isso meu cidadão, que é isso!

E aí, percebeu como meu texto fico persuasivo quando utilizei 200% de crescimento e não os outros absurdos 42%? É óbvio que seja usando 200 ou 42 a realidade é outra. Quem sabe está tudo empatado, ou não, quem achamos estar lá em baixo é quem está na frente, lembra de 2016? Pois é!

Se você se interessou em conhecer a obra de Darrell Huff faça download do livro aqui: Como Mentir com Estatística.

RECENTES

“Eles não irão me parar”, afirmou concorrente da chapa 02 sobre abaixo assinado que circula nas redes sociais

O concorrente e representante da Chapa 02 Oberdan Lopes de Oliveira afirma que o documento no qual circulam cópias nas redes sociais não inviabilizará...

Veja as ofertas da Black Friday em Coelho Neto

Estamos chegando na última semana da Black Friday, três lojas são destaques em Coelho Neto, saibam quem são e aproveitem os melhores descontos da...

Justiça determina que Serasa não poderá mais vender dados pessoais de brasileiros

A Justiça do Distrito Federal determinou que a Serasa Experian suspenda imediatamente a venda de dados pessoais de consumidores. A decisão deriva de ação...

categorias

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui